Monthly Archives: Fevereiro 2016

Fevereiro 2016

MSC Cruzeiros adquire Ilha nas Caraíbas

MSC Cruzeiros adquire Ilha nas CaraíbasA firma MSC Cruzeiros, a companhia de cruzeiros com sede em Genebra, na Suíça e número um em Portugal e na Europa, na América do Sul e Sul de África, revelou planos ambiciosos para criar uma experiência exclusiva numa ilha das Bahamas.

Este projecto visionário foi anunciado em 16 Dezembro, em Nassau, capital das Bahamas, onde o primeiro ministro Perry Christie e o Presidente Executivo da MSC Cruises, Pierfrancesco Vago assinaram um contrato de aluguer por 100 anos, que permitirá à MSC Cruzeiros ocupar uma pequena ilha, que será chamada de Ocean Cay MSC Marine Reserve.

Ao longo dos próximos dois anos, a MSC Cruzeiros vai trabalhar em conjunto com o Governo das Bahamas para desenvolver a pequena ilha de Cay, que pela primeira vez, estará dentro de uma próspera reserva marinha e irá coexistir em harmonia com o ecossistema local. Este projecto vai ajudar a transformar a base da economia local, criando numerosos empregos qualificados no setor do turismo.

A ilha irá oferecer aos passageiros algumas das melhores praias no mundo, entre um variado conjunto de experiências inspiradas nas Caraíbas. A MSC Cruzeiros, uma das companhias de cruzeiro com mais consciência ecológica, vai investir cerca de 200 Milhões de dólares (USD) na criação de um paraíso natural numa ilha deserta. Pierfrancesco Vago, Presidente Executivo da MSC Cruises, afirmou que …este é um progresso natural para a nossa companhia, que está a crescer muito rapidamente,

Todas as instalações e experiências na ilha, que está situada a cerca de 60 milhas a leste de Miami, na Florida, serão solidárias com a cultura3514 01 e tradições das Bahamas. Um plano paisagístico abrangente pretende plantar por toda a ilha mais de 80 tipos de árvores indígenas das Caraíbas, flores, arbustos e mangais. Haverá também uma aldeia semelhante às das Bahamas, vários restaurantes e bares oferecendo especialidades locais, uma grande variedade de lojas e um centro de chegadas, animado com música temática local.

A MSC Cruzeiros prevê iniciar os desenvolvimentos na ilha em Março de 2016e a Ocean Cay MSC Marine Reserve será aberta aos passageiros em Dezembro de 2017.

Este projecto proporcionará uma presença permanente da MSC Cruzeiros nas Bahamas. O Cay será ideal para todos os navios que estiverem a realizar itinerários nas Caraíbas, nomeadamente o MSC DIVINA e o MSC SEASIDE, o navio de próxima geração que se encontra ainda em construção, ambos com partidas de Miami, e ainda o MSC OPERA e o MSC ARMONIA, que navegarão a partir de Cuba.
Ler mais/Fonte: revistademarinha.com

 

Porto de Leixões atingiu novo recorde de mercadorias em 2015

Porto de Leixões atingiu novo recorde de mercadorias em 2015O movimento de mercadorias no porto de Leixões atingiu em 2015 um novo valor recorde de 18,7 milhões de toneladas. Este total representou um crescimento de 3,7% face ao ano anterior. Considerando o porto de Viana do Castelo, que está integrado na APDL – Administração dos Portos do Douro e de Leixões, o total de mercadorias movimentadas no ano passado ascendeu a 19,2 milhões de toneladas.

Em 2015, o porto de Leixões cresceu 6,7% na movimentação de granéis líquidos (combustíveis), 12,1% na carga fraccionada e 10,5% em granéis sólidos (cimento, cereais, carvão, etc).

Mas o segmento de carga que registou maior crescimento no porto de Leixões no ano passado foi o de ‘ro-ro’ (embarque e desembarque de automóveis), com uma subida de 73% face a 2014.No segmento de contentores, verificou-se uma quebra de cerca de 8% face ao ano precedente: -6,4% no movimento de contentores e, dimensão (TEU – unidade–padrão equivalente a contentores com 20 pés de comprimento) e -7,5% em número.

A APDL explica, em comunicado, a quebra da carga contentorizada com “a redução significativa das exportações para Angola”. “Com exportações para 184 países e uma média mensal de 1,6 milhões de toneladas de mercadorias a circular em Leixões, este porto fecha 2015 com o melhor resultado de sempre, atingindo recordes na movimentação de granéis líquidos, sólidos e carga ‘ro-ro’”, sublinha o referido comunicado da APDL.
Ler mais/Fonte: economico.sapo.pt

 

Comissão Europeia quer reduzir lixo marinho em 25%

Comissão Europeia quer reduzir lixo marinho em 25%A Comissão Europeia (CE) adoptou hoje, dia 2 de Dezembro, um novo pacote da economia circular para incentivar a transição da Europa para uma economia circular, que «reforçará a competitividade a nível mundial, promoverá um crescimento económico sustentável e criará mais emprego», segundo consta de um comunicado da instituição.

«Os planos aproveitarão ao máximo o valor e a utilização de todas as matérias‑primas, produtos e resíduos, promovendo poupanças de energia e diminuindo as emissões de gases com efeito de estufa. As propostas abrangem todo o ciclo de vida: da produção ao consumo, à gestão dos resíduos e ao mercado das matérias-primas secundárias», acrescenta o comunicado.

A transição será apoiada pelos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento, «por 650 milhões de euros do Horizonte 2020 (programa da UE de financiamento para investigação e inovação), por 5,5 mil milhões de euros de fundos estruturais para a gestão dos resíduos e por investimentos na economia circular a nível nacional».

Entre as principais medidas agora adoptadas ou a aplicar «durante o mandato desta Comissão», consta uma estratégia para o plástico na economia circular e, neste contexto, o objetivo de reduzir o lixo marinho em, pelo menos 25 por cento, através da aplicação da legislação relativa aos resíduos.
Ler mais/Fonte: jornaldaeconomiadomar.com